Backup e Disastre Recovery

O que é backup

A principal forma de evitar a perda de dados de seu cliente é realizando o backup.

Essa técnica consiste em realizar a cópia dos dados, de forma automática, armazenando os dados fora do ambiente de trabalho, mantendo registros e logs de todos as transações, além de garantir amplo versionamento dos dados.

Isso permite que, a qualquer tempo, caso os dados originais, sejam afetados de alguma maneira, possam ser restaurados o mais rápido possível, visando evitar qualquer prejuízo ou uma interrupção nas atividades dos clientes.

Existem dois “componentes” chaves desse processo: o Software (Responsável pela criptografia, compactação, desduplicação, transferência, restauração, retenção, arquivamento, gerenciamento, etc.) e o Armazenamento (Local e Nuvem, seguindo todas as normas e recomendações internacionais de segurança).

Ao somar uma solução eficiente e que contemple todos esses itens, junto à uma gestão eficiente por parte do MSP, a eficácia do processo é garantida.

O que é disaster recovery

O disaster recovery é uma abordagem muito mais profunda, que não se apoia em apenas restaurar os dados perdidos por conta de problemas ou ataques de cibercriminosos.

Geralmente, empresas que não podem parar suas operações, criam planos de disaster recovery para evitar que uma situação adversa leve a paralisação de qualquer de suas atividades.

O plano de recuperação de desastres é um processo documentado, composto por uma série de medidas de contenção, com o objetivo de manter em funcionamento todas as operações de seu cliente, independentemente do que possa vir a ocorrer.

A sua criação não é simples e deve levar em conta uma série de fatores, como a infraestrutura de TI de seu cliente, os sistemas em utilização, rotinas de backup, entre outros pontos.

Um plano de disaster recovery traz muito mais confiança ao seu cliente, que sabe que suas atividades podem ser restauradas no menor tempo possível e você e sua equipe poderão agir a qualquer momento para evitar essas situações.